Teleassistência melhora vida de seniores nos Açores 25 Jan

Teleassistência melhora vida de seniores nos Açores

A Fundação PT celebrou hoje com a Câmara Municipal do Nordeste, nos Açores, o protocolo Isolamento Zero.

Este, visa a oferta de 30 equipamentos de Teleassistência e a comparticipação das mensalidades a seniores em situação de isolamento naquele concelho da Ilha de São Miguel, nos Açores. 

Com esta iniciativa, a Fundação PT contribui para que pessoas identificadas pelo município açoriano, pela sua situação de desenquadramento familiar ou incapacidade física ou psicológica, possam sentir-se mais acompanhadas e seguras através de um simples clique num equipamento telefónico polivalente e de um pendente sem fios com tecla SOS, com as seguintes valências:

  • contacto imediato 24 horas/dia e 365 dias/ano com os Bombeiros Voluntários do Nordeste; 
  • ativação do meio de socorro mais adequado: contacto com familiares, vizinhos ou, em caso de maior gravidade, com o INEM;   
  • assistência médica de urgência e aconselhamento médico telefónico. 

Ao todo, já foram distribuídos pela Fundação PT mais de 2 mil equipamentos de Teleassistência em todo o país, 100 dos quais nos Açores, procurando aproximar cidadãos em situação de isolamento e/ou em risco de estruturas de apoio e do respetivo acompanhamento da suas necessidades.

Em caso de emergência, basta pressionar a tecla SOS do telefone ou do pendente, sendo a chamada automaticamente atendida e filtrada por forma a acionar o meio de socorro mais adequado a cada situação. Posicionando-se como o único a funcionar em todo o território português, o sistema de teleassistência da Fundação PT é suportado num telefone com visor e teclado de grandes dimensões, um pendente sem fios, com tecla de SOS e alcance até 30 metros, permitindo a comunicação mãos livres.   

A Fundação PT tem vindo a apoiar projetos para o combate ao isolamento e capacitação da população sénior, recorrendo às TIC,  em parceria com agentes locais de intervenção comunitária  tais como Municípios, Misericórdias, Corporações de Bombeiros e IPSS. As entidades parceiras conhecem profundamente a temática relacionada com o isolamento dos mais idosos, mas por vezes, desconhecem os benefícios das soluções TIC na gestão e melhor acompanhamento da população em risco, sendo este o papel diferenciador da intervenção da Fundação PT.

Ver vídeo

Facebook Twitter Google+