Fundação PT promoveu recolha de lixo na Praia Grande  10 Jul

Fundação PT promoveu recolha de lixo na Praia Grande

Cerca de 200 crianças, provenientes de instituições do concelho de Sintra, participaram numa ação de limpeza e recolha de lixo na Praia Grande.

Esta foi a penúltima etapa da Liga Meio Surf, o Allianz Pro, decorrida nos dias 6 e 7 de julho, sendo a Fundação PT, e pela primeira vez, o principal parceiro ambiental desta ação de limpeza a nível nacional.

Durante a manhã de sexta-feira, dia 6 de julho, estiveram presentes crianças de várias instituições do concelho de Sintra, entre elas, CCD Sintrense, Junta de Agualva Mira Sintra, União de Freguesias de Sintra, APDJ – Queluz,AE Leal da Câmara e Saber Mais – Visconde Juromenha.

Esta recolha em grande escala tem como objetivo alcançar uma tonelada de lixo. Nas etapas já concluídas, que passaram pela Ericeira, Porto e Figueira da Foz e agora pela Praia Grande, os voluntários conseguiram reunir mais de 750 kg de lixo, de onde se destacam os plásticos e os cotonetes.

Graça Rebocho, diretora da Fundação PT, esteve presente na Praia Grande, e referiu que: "A Associação Nacional de Surfistas desafiou a Fundação PT para se associar, este ano, enquanto decorrem os campeonatos, a uma ação de sustentabilidade nas praias. Nós, enquanto Fundação, desenvolvemos iniciativas na área da educação e também já fazemos várias na temática da sustentabilidade ambiental. Por isso, fazia sentido apoiar este tipo de ações. Então, juntámo-nos à ANS, às associações Lixo Zero Portugal e Plastic Sun Days, e fizemos o contacto com as Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia das zonas onde ocorrem os campeonatos de surf.

A participação ativa de alunos, tanto na recolha como na seleção e reaproveitamento lúdico e artístico de lixos marinhos vem reforçar o objetivo da Fundação PT de ajudar a preservar o equilíbrio ecológico destas praias, ao motivar os jovens e, pelo exemplo, os menos jovens, a adotarem este tipo de comportamentos no seu dia-a-dia.”

A coordenação de toda esta ação ambiental foi feita pela Plastic Sun Days, Ana Salcedo, cofundadora da Plastic Sun Days, afirma que “limpar a praia é importante, mas émais importante prevenir a poluição. Esta é a componente educativa”.

Esclarece também, passo a passo, a forma de como motiva a camada mais jovem: “Hoje foi o dia com mais miúdos e o ambiente foi muito descontraído. Inicialmente, fazemos uma apresentação a todos do top 10 do lixo marinho, explicamos o problema e a solução. Explicamos as alternativas que devem adotar e até mesmo o que devem fazer para prevenir. Este salto é que é preciso, o caminho para o lixo zero. No final desta ação enviamos um documento aos professores com desafios para implementarem nas escolas e continuarem a ensinar-lhes sobre esta temática. Nós tentamos movimentar as pessoas para o lado da solução”, salienta.

Do outro lado da ação, de braço dado com a Fundação PT e com a Plastic Sun Days, está Lixo Zero Portugal, outra associação que também decidiu juntar-se a esta iniciativa.

Ana Martins é embaixadora do movimento Lixo Zero e salienta a importância de saber dizer “não” aodesperdício, algo que pôs em prática desde 2016. “Eu própria tentei começar por não produzir lixo. Tenho um frasco com apenas 20 gramas desde julho do ano passado! Portanto, o que tentei fazer como movimento foi passar esta mensagem às pessoas. Já fiz palestras e workshops a explicar o modo de viver sem produzir lixo. Então, decidi aliar-me à Ana da Plastic Sun Days e a esta iniciativa. A minha parte diz respeito à prevenção sobre o que podemos fazer para prevenir o lixo. É ótimo vermos todas estas crianças, porque elas são o futuro e daqui a uns anos podem viver todas como eu. Esse é o objetivo”. 

Estamos perante uma prova de surf nacional, com repercussões internacionais, que a par da sua dimensão desportiva e competitiva se preocupa também em promover as parcerias mais adequadas para garantir a melhor sustentabilidade ambiental das praias onde decorrem as provas. Esta competição de surf “amiga do ambiente” é uma das mais importantes ao nível nacional e irá terminar no concelho de Cascais no próximo mês de outubro.

 

Facebook Twitter Google+